Especial Jordânia: pastor jurado de morte pelo Estado Islâmico conversa com Lucinho

Nunca é Tarde

O quarto episódio da série Especial Jordânia mostra a visita do pastor Lucinho Barreto a igreja de um pastor iraquiano refugiado na Jordânia. O pastor, que pediu para não ser identificado, contou como sofre perseguição por professar o cristianismo. “Desde o dia que nasci, sofro por ser cristão”, afirmou. Ele exemplificou um dos xingamentos que sofria no Iraque: “Aqui mora um porco, aqui mora um cristão.”O pastor contou ainda que, em 2007, foi sequestrado e libertado dias depois após pagamento de 20 mil dólares. Em 2013, a filha dele foi sequestrada enquanto ia ao mercado. Ele contou, também, que sua filha foi obrigada a se casar com um homem muçulmano, o que obrigaria a jovem a se converter ao islamismo. Ele disse que conseguiu salvá-la antes de ela se casar. Ele, a esposa e a filha fugiram para a Jordânia.

Clique aqui para assistir a mais episódios do Especial Jordânia

O pastor Lucinho também conversou com uma jovem iraquiana refugiada na Jordânia. Ela contou que sofreu muito com a perseguição religiosa no seu país de origem – o Iraque – e que fugiu para a Jordânia com apenas a roupa do corpo. Ela cursava Medicina no Iraque e não pôde continuar os estudos no país vizinho, por falta de documentos e pelo alto valor do curso na Jordânia, cerca de 30 mil dólares por ano.

 

Assista:

Fonte:: Rede Super de Televisão / Portal Árvore da Vida

Anúncios

Publicado em 23 de setembro de 2015, em Gospel, Igreja Perseguida, Noticias, perseguição, Pr. Lucinho Barreto, Rede Super, Vídeo. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: